Início
Bem-vindo!
Apoio ao agronegócio sustentável PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qua, 12 de Agosto de 2009 17:48

Vista como um diferencial importante, o investimento em sustentabilidade pode dar ao agronegócio brasileiro uma nova força para expandir seus mercados. A opinião é do ministro interino da Agricultura, Geraldo Fontelles. “A crise econômica abre oportunidades para o agronegócio brasileiro, internamente e externamente”, afirmou o ministro. Para ele, as práticas sustentáveis fazem parte de uma estratégia econômica sócio-ambiental muito forte para se atingir mercados especiais. “Para isto acontecer, precisamos alinhar nossa competitividade com a sustentabilidade”.

Leia mais...
 
Simulado de combate à Febre Aftosa mobiliza profissionais na fronteira de MT PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qua, 12 de Agosto de 2009 10:23

Centenas de profissionais brasileiros e bolivianos participam do 1º Simulado de Emergência Sanitária em Febre Aftosa e outras Enfermidades Vesiculares para ações necessárias de emergência sanitária em doenças de bovinos, com enfoque para a febre aftosa, na região da fronteira do Estado de Mato Grosso com a República da Bolívia, num raio de 15 quilômetros onde estão localizados quatro assentamentos rurais e barreiras sanitárias. Mato Grosso está há 14 anos livre da febre aftosa, mas com vacinação.

As ações do simulado tiveram início no dia 7 e o encerramento é nesta sexta-feira, (14.08). Este é o primeiro exercício de simulação da febre aftosa realizado nas Américas. Um Grupo Nacional de Emergência Sanitária de Saúde Animal foi criado com a participação de Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul. No Paraná, o exercício simulado de campo em emergência sanitária como foco a gripe aviária foi realizado em julho e terminou no dia 31. No Rio Grande do Sul a simulação de emergência sanitária foi em suínos, com enfoque na peste suína clássica (gripe suína), terminou em 10 de julho.

Última atualização em Qua, 12 de Agosto de 2009 10:26
Leia mais...
 
Fazendas com maior número de bovinos estão nos Estados de pecuária de corte PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qui, 06 de Agosto de 2009 18:07

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) os 170 milhões de bovinos existentes no País estão distribuídos em 2,65 milhões de estabelecimentos.

A média de 64 animais por propriedade parece baixa, mas é preciso levar também em consideração a pecuária leiteira, atividade que geralmente abriga um menor número de animais por propriedade por exigir maior investimento.

Minas Gerais é o Estado que mais possui propriedades com bovinos. São cerca de 350 mil fazendas (13% do total do Brasil). Em seguida vem o Rio Grande do Sul, com 328 mil propriedades (12,4% das fazendas do Brasil). Estes são justamente os maiores produtores de leite do Brasil, com 27,8% e 11,3% de representatividade da produção nacional, respectivamente. A atividade leiteira é caracterizada por um rebanho menor do que a pecuária de corte, pois exige maiores investimentos. Nestes dois Estados, o número médio de animais por propriedade é de 60 (em Minas Gerais) e 34 no Rio Grande do Sul.

Última atualização em Qui, 06 de Agosto de 2009 18:12
Leia mais...
 
Mineiros querem exportar mel para Europa PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Ter, 11 de Agosto de 2009 00:20

Apicultores pretendem melhorar a qualidade dos produtos para aumentar a participação no mercado internacional

 

Após ficarem mais de dois anos impedidos de exportar para a Europa, produtores de mel de Ipatinga são capacitados para se adequarem às novas exigências do mercado internacional. Apoiados pelo SEBRAE-MG eles buscam melhorias no processo produtivo para conseguirem a certificação do Ministério do Agricultura. No último dia 10 de agosto, eles se reuniram no Seminário de Apicultura Integrada e Sustentável para discutir sobre as novas tecnologias, oportunidades de negócios e boas práticas de manejo.

Última atualização em Ter, 11 de Agosto de 2009 00:30
Leia mais...
 
Paraná deve iniciar em 60 dias o sistema unificado de inspeção sanitária PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrador   
Qui, 06 de Agosto de 2009 16:01

InspeçãoEntre os próximos 30 a 60 dias as pequenas, médias e grandes agroindústrias do Paraná, que já passaram por um processo de adequação de procedimentos estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, deverão estar em condições de solicitar o enquadramento junto ao Suasa - Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária - e ao Sisbi - Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal. Esse enquadramento deve beneficiar principalmente as agroindústrias familiares, que terão permissão para vender seus produtos para todo o Brasil, o que significa ampliação de mercado, renda e de trabalho.

Segundo o secretário da Agricultura e do Abastecimento paranaense, Valter Bianchini, seis agroindústrias do estado já foram auditadas e estão em fase de cumprimento das normas de inspeção sanitária estabelecidas pelo novo sistema. Mais de 400 agroindústrias do Paraná já estão integradas no sistema estadual de inspeção, com possibilidades de avançar para esse sistema único de certificação.

O Suasa/Sisbi unifica a inspeção sanitária que antes era dividido nas esferas federal, estadual e municipal. Assim, somente as empresas que conseguiam a certificação de inspeção junto à esfera federal podiam vender seus produtos em outras regiões do país. Pelo princípio da equivalência, o novo sistema vai permitir que estados e municípios possam comercializar produtos de origem animal entre regiões com sistemas de inspeção equivalentes.

 

Fonte: Revista Globo Rural Online

Última atualização em Qui, 06 de Agosto de 2009 16:09
 
« InícioAnterior7172737475PróximoFim »

Página 71 de 75.
CeresQualidade.com.br | Powered by Joomla! | Joomla hosting by SiteGround