Início Notícias
The News
Globalgap PDF Imprimir E-mail
Seg, 15 de Fevereiro de 2016 14:37

 

Minimiza os impactos negativos no meio ambiente, reduz os insumos químicos e garante também o bem estar dos trabalhadores e animais.

 

GLOBALG.A.P. é uma organização privada que estabelece normas voluntárias para a certificação de produtos agrícolas (inclusive aquicultura) em todo o mundo. A norma GLOBALG.A.P. foi principalmente elaborada para reafirmar perante os consumidores que a produção alimentar nas unidades de produção agrícola é realizada através da minimização dos impactos negativos de operações agrícolas no meio-ambiente, redução do uso de insumos químicos e garantia de uma abordagem responsável dos assuntos de saúde e segurança dos empregados e saúde animal. GLOBALG.A.P. funciona como um manual prático de Boas Práticas Agrícolas (BPA) em todos os lugares do mundo. O GLOBALGAP é responsável por mais de 112.000 produtores certificados, 1400 inspetores e auditores treinados, certificando mais de 409 diferentes produtos agrícolas.

 

Qualquer produtor agrícola, não processados, abrangidos pelos referenciais GLOBALG.A.P. pode pedir a certificação GLOBALG.A.P.

Última atualização em Ter, 23 de Fevereiro de 2016 09:43
Leia mais...
 
Ovos fornecidos para a Starwood Hotels & Resorts devem ser de galinhas criadas soltas PDF Imprimir E-mail
Qua, 03 de Fevereiro de 2016 08:55

A Starwood Hotels & Resorts anunciou seu plano para parar com o consumo de ovos produzidos em granjas que enclausuram as aves em gaiolas. O objetivo é que até 2020 todo o fornecimento necessário para suprir a demanda em seus restaurantes, em todo o mundo, seja feito apenas ovos provenientes de produtores que mantêm as galinhas livres.

Última atualização em Seg, 15 de Fevereiro de 2016 14:47
Leia mais...
 
A indústria de carnes driblou a crise e fechou o ano na liderança da geração de empregos no Paraná em 2015. PDF Imprimir E-mail
Ter, 02 de Fevereiro de 2016 10:35

A indústria de carnes driblou a crise e fechou o ano na liderança da geração de empregos no Paraná em 2015. O abate de suínos, aves e outros pequenos animais encerrou o ano com um saldo positivo de 5.078 empregos no Estado. Os dados são do Cadastro de Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, que mede a diferença entre admitidos e demitidos no período.

Em segundo lugar no ranking ficou o setor de fabricação de máquinas e equipamentos para a prospecção e extração de petróleo, com saldo de 2.453, seguido por atividades de teleatendimento (2.367), apoio à gestão de saúde (2.102) e fornecimento de gestão de recursos humanos para terceiros (1.373).

foto_carnes

Foto WG Carnes.

Impulsionado por novos investimentos e pelas exportações, os frigoríficos de frangos e suínos seguiram ganhando espaço mesmo com a desaceleração da economia brasileira. “O setor vem se beneficiando, no mercado interno, da substituição, por parte do consumidor, da carne bovina, que ficou mais cara. Nas exportações, por sua vez, a venda de cortes de frango e suínos tem sido alavancada pelo câmbio, com a supervalorização do dólar”, diz Suelen Glinski Rodrigues dos Santos, economista do Observatório do Trabalho da Secretaria estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social.

Última atualização em Ter, 02 de Fevereiro de 2016 10:56
Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 9 de 120.
CeresQualidade.com.br | Powered by Joomla!